quinta-feira, 18 de dezembro de 2008

A visita às suas aldeias (anos 50)

Nos anos cinquenta a tendência era de os jovens naturais das aldeias da serra irem à procura de uma melhor vida nas grandes cidades (Coimbra ou Lisboa, em primeiro lugar). Chegados lá, íam procurar trabalho junto das gerações mais velhas (de naturais da região), que há mais tempo por lá se encontravam, e assim estabeleciam os primeiros contactos com uma nova actividade profissional.
Muitos eram colocados no ramo das engraxadorias, outros nos lanifícios. Também foram muitos para a restauração (mas existiam muitas outras profissões, onde se instalavam a laborar).
Assim que tinham um pequeno período de férias regressavam à sua terra natal para matar saudades. Vestiam os seus melhores fatos a fim de se apresentarem a perceito junto dos seus conterrâneos.
Na foto abaixo vislumbramos uma situação, de um desses determinados dias, onde existiu o regresso por um pequeno período de tempo.
Podemos observar (da esquerda para a direita), os então jovens, Odete, Luís António e Maria Helena (todos primos). Mais atrás vemos um grupo de pessoas e um automóvel (caso raro para os tempos de então...). Tudo se passa nas Ladeiras... a estrada ainda não era de alcatrão, mas pela imagem parece estar no início das suas obras que a vieram fazer integrar (mais tarde) a EN2.


foto de Casimiro Rodrigues Martins (Ladeiras, anos 50)

2 comentários:

Anónimo disse...

Meu caro amigo
passei por aqui mais uma vez.

desejo-lhe um FELIZ NATAL
O Penedo

Carvalhal-Miúdo disse...

Agradeço e retribuo votos formulados.

Um abraço